Hotel Ruanda: variações sobre direitos humanos, exceção e biopolítica

  • Caio Lopes Ramiro UNIVEM - Marília/sp-brasil
Palabras clave: Filosofia do direito, Filosofia política, Direitos humanos, Estado de exceção. Biopolítica

Resumen

Neste artigo nos ocuparemos basicamente em investigar alguns temas e problemasvinculados à questão dos direitos humanos, com enfoque para a relação destesúltimos e a biopolítica, a partir da ideia do estado de exceção. Para tanto, o método de análise foi estritamente hermenêutico, com uma revisão bibliográfica de textos, em especial os escritos que Giorgio Agamben dedica ao tema escolhido e, ainda, com uma análise da obra cinematográfica Hotel Ruanda.

Biografía del autor/a

Caio Lopes Ramiro, UNIVEM - Marília/sp-brasil
Professor no curso de Direito da Faculdade CidadeVerde (FCV) em Maringá/PR – BRASIL. Mestre em Teoria do Direito e do Estado pelo UNIVEM -Marília/SP-BRASIL. (com bolsa CAPES no período). Possui especialização em Filosofia Política e Jurídica pela Universidade Estadual de Londrina - UEL/PRBRASIL.Integrante dos grupos de pesquisa Bioética e Direitos Humanos CNPq- UNIVEM, Filosofia e Democracia - UNESP - FFC/Marília e da Rede Internacional deEstudos Schmittianos – RIES/UNIVEM. Advogado.
Cómo citar
Lopes Ramiro, C. (2015). Hotel Ruanda: variações sobre direitos humanos, exceção e biopolítica. Reflexión Política, 17(33), 20-36. https://doi.org/10.29375/01240781.2233

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2015-07-13