As Formas de Intervenção do Estado na Área Social no Brasil: Alguns Desafios Vividos Pelo País no Limiar do Século XXI

  • Maria José de Rezende - (Universidade Estadual de Londrina) Universidade Estadual de Londrina
Palabras clave: Estado, política, sociais, democracia

Resumen

A finalidade deste estudo é demonstrar que no Brasil, as expectativas em torno da geração de políticas sociais universais vêm acompanhadas de um amplo debate sobre a necessidade de minar os procedimentos oligárquicos. Através de uma pesquisa documental verifica-se que nas décadas de 1990 e 2000 não ocorreu, como esperavam todos aqueles que tinham expectativas de que vigorasse no país um Estado democrático de direito, um combate diuturno às práticas patrimoniais. Demonstrar-se-á, então, que estas últimas afastam para longe as possibilidades de efetivação de políticas sociais universais, já que estas pressupõem um projeto coletivo de nação que esteja voltado para a geração de investimentos sociais de longo prazo, o que só é possível fazer através de mudanças institucionais profundas que não coadunam com a manutenção de um padrão de domínio assentado nos interesses oligárquicos.

Biografía del autor/a

Maria José de Rezende - (Universidade Estadual de Londrina), Universidade Estadual de Londrina
Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Membro da Rede Iberoamericana para o Estudo de Políticas Sociais, Docente-investigadora da Universidade Estadual de Londrina – Paraná – Brasil.
Cómo citar
de Rezende - (Universidade Estadual de Londrina), M. J. (2010). As Formas de Intervenção do Estado na Área Social no Brasil: Alguns Desafios Vividos Pelo País no Limiar do Século XXI. Reflexión Política, 12(24). Recuperado a partir de https://revistas.unab.edu.co/index.php/reflexion/article/view/1262

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2010-12-30